Destaques

Seplan apresenta prioridades e acolhe demandas do OP na Conferência Municipal LOA 2024, em Campina

A Conferência Municipal LOA 2024, que tem como objetivo discutir com os cidadãos a Lei Orçamentária Anual, teve início nessa segunda-feira (25), na Câmara Municipal, com a participação de secretários municipais, além de conselheiros, delegados e executiva do Orçamento Participativo (OP) de Campina Grande. Entre as pastas que apresentaram suas metas e prioridades da gestão para o próximo ano estava a Secretaria de Planejamento (Seplan), representada pelo secretário Felix Araújo Neto.

“A Conferência da LOA é um momento muito importante para a gestão municipal, pois nos aproxima dos cidadãos, ouvindo suas demandas, assim como nos permite apresentar o que já está planejado para o ano seguinte e incluir o que a população apresenta. Neste momento especial que estamos vivendo, peço aos cidadãos e cidadãs aqui representando o Orçamento Participativo, que saíam em defesa dos projetos que estão em pauta, pois são pensados, planejados e executados pensando no bem comum de Campina Grande. Por exemplo, a requalificação do Parque Evaldo Cruz já está sendo executada e, em breve, vem a requalificação do Cine Capitólio, duas grandes obras que a nossa cidade esperava”, destacou Felix Neto.

Felix destacou ainda, que a Seplan conta com um catálogo de mais de 100 projetos elaborados, alguns já executados ou em execução, e outros prontos para o próximo ano. Além de projetos, o secretário de Planejamento falou sobre o processo de regularização fundiária, o patrimônio histórico, a revisão do Plano Diretor e o Observatório da Cidade.

Outras participações na Conferência da LOA 2024

A Conferência Municipal da LOA 2024 foi aberta, nesta segunda-feira (25), pela coordenadora do Orçamento Participativo, Crizane Xavier, com a participação do chefe do Gabinete do Prefeito, Gilbran Asfora, e da coordenadora de Gestão, Márcia Madalena. Além de Felix Neto (Seplan), participaram deste primeiro dia os secretários: Geraldo Nobre (Sesuma), Giseli Sampaio (Cultura) e Pâmela Vital (Assistência Social); Mariana Damasceno (secretária executiva de Obras); José Luís (Amde); Antônio Hermano (presidente do IPSEM); Emanuel Sousa (secretário executivo de Saúde) e Cesar Moreira (coordenador da Atenção Básica da Saúde).

Nesta terça-feira (26), a partir das 14h, será a vez das seguintes Secretarias Municipais: Educação; Agricultura; Administração; Esportes, Juventude e Lazer; Desenvolvimento Econômico; Ciência e Tecnologia. Também participarão ouvindo as demandas do Orçamento Participativo: STTP; Procuradoria Geral do Município; Controladoria Geral do Município; e Urbema.

Codecom