Destaques

PMCG firma apoio de cooperação técnica com Fundação Coca-Cola e Cáritas para construção de cisternas

Ação será desenvolvida junto ao programa Plantar em escolas da zona rural.

A Prefeitura de Campina Grande, por meio das Secretarias de Educação (Seduc) e Agricultura (Seagri), realizaram na manhã desta sexta-feira, 4 de agosto, a assinatura do acordo de cooperação técnica com a Cáritas Diocesana de Campina Grande e Fundação Coca-Cola para a construção de três cisternas e implantação de hortas, farmácias vivas, pomares e composteiras.

A assinatura aconteceu na Escola Municipal Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, no Distrito de Catolé de Boa Vista. Além dela, serão contempladas com o projeto também as escolas Vereador Antônio José Rodrigues, em Galante, e Inácio Luís de Lima, em São José da Mata.

De acordo com o Secretário de Educação, Raymundo Asfora Neto, Campina Grande é uma das duas cidades que recebem o projeto Águas para Educar. “Essa parceria trabalha Educação Ambiental com a perfuração de poços para construção de cisternas nas nossas escolas da zona rural. Há comunidades que às vezes chegam a ficar um mês sem água e isso afeta a rotina escolar. Tão importante quanto isso é a conscientização quanto ao uso e reuso da água por parte das nossas crianças. Campina é uma das duas cidades contempladas com o projeto que se integra ao programa Plantar, desenvolvido na gestão do prefeito Bruno”, explicou.

O Secretário de Agricultura, Renato Gadelha, reforçou a importância da sustentabilidade no campo para a qualidade de vida também nas cidades. “O projeto Plantar deveria ser replicado em todo o país. A gente sabe da luta ambiental hoje no mundo todo para manutenção do nosso planeta. A meninada precisa ser preparada para recuperar o planeta. O campo não pode ser o quintal da cidade. É a coisa mais importante que existe, o campo. As cidades nasceram do campo. Já ouvi um ex-presidente dizer que se as cidades desaparecerem, elas serão recuperadas pelo campo, mas se o campo desaparecer, as cidades morrerão para sempre”, destacou.

Segundo o presidente da Cáritas Diocesana de Campina Grande, Ricardo Soares, a ação será financiada pela Fundação Coca-Cola. “O projeto Águas para Educar tem o objetivo de construir tecnologias sociais para o uso consciente da água, envolvendo toda a comunidade escolar. É uma parceria da Fundação Coca-Cola que entra com o financiamento de cerca de R$100 mil com a Cáritas, que executará até o final do ano, o projeto técnico, visando atender escolas localizadas no Semiárido, com dificuldade no abastecimento”, afirmou.

Codecom