Paraíba

PGJ empossa cinco promotores de Justiça na 3ª entrância

O procurador-geral de Justiça, Antônio Hortêncio Rocha Neto, deu posse, na manhã desta sexta-feira (18/08), a cinco promotores de Justiça em cargos da 3ª entrância do Ministério Público da Paraíba. Foram empossados os promotores Miriam Pereira Vasconcelos no cargo de 6º promotor de Justiça de Santa Rita; Fábia Cristina Dantas Pereira no cargo de 2º promotor de Sousa; João Benjamim Delgado Neto no cargo de 8º promotor de Justiça de Patos; Claudia de Souza Cavalcanti Bezerra no cargo de 3º promotor de Justiça de Catolé do Rocha; e Eduardo de Freitas Torres no cargo de 4º promotor de Justiça de Sousa.

Os termos de posse foram lidos pelo secretário-geral do MPPB, Rodrigo Marques da Nóbrega. A solenidade contou com a presença da 1º subprocuradora-geral, Vasti Cléa Lopes; da corregedor-geral José Roseno Neto; a secretária de Planejamento e Gestão, Cristiana Vasconcelos; os promotores corregedores Eny Nóbrega e Ana Caroline Almeida Moreira; o coordenador do Caocrim, Ricardo Alex Almeida Lins; o coordenador da Assessoria Técnica, Alexandre César Fernandes Teixeira; os promotores Amadeus Lopes e Manoel Cacimiro; o presidente da Associação Paraibana do MP, Leonardo Quintans; servidores e familiares dos empossados.

O procurador-geral, Antônio Hortêncio, iniciou seu discurso falando que a carreira é uma das coisas mais relevantes na vida do promotor de Justiça e que ela estava engessada no MPPB. Também falou sobre as ações realizadas na sua gestão para movimentar a carreira como os Programas de Aposentadoria Incentivada (PAIs) e a elevação de oito promotorias para a 3ª entrância.

Como resultado dessas ações, o procurador-geral destacou, na sua gestão, com as posses ocorridas nesta sexta-feira, já foram concretizadas 23 promoções para a 3ª entrância no Ministério Público da Paraíba. “Tenho muito a agradecer por ter feito parte de tudo isso. Para ver a felicidade de cada um, valeu a pena tudo que passamos”, disse.

O PGJ também realçou as qualidades, a competência e o trabalho de excelência realizados pelos promotores empossados. “Minha felicidade é ainda maior por ser o procurador-geral a enfrentar situações que possibilitaram promoções mais rápidas, por estar presente na sessão que os promoveu e por ser o procurador que dá posse a vocês. Parabéns aos cinco, parabéns aos locais que vão receber vocês e parabéns ao Ministério Público”, concluiu.

Empossados

A promotora Miriam Vasconcelos falou sobre seu sentimento de gratidão pelo momento e destacou a presença da filha Amanda na solenidade. “Hoje eu sou toda gratidão. A gratidão é um sentimento que vibra numa frequência e minha frequência é de alegria. Nunca me afastei um milímetro das minhas responsabilidades. Sempre dei tudo de mim e tenho certeza de que por onde andei posso olhar nos olhos de quem quer que seja pois no cumprimento do dever e da prestação ministerial não deixei a dever a ninguém. Vou poder dar continuidade a esse trabalho que é tão fantástico, já agora em uma promotoria com especialidade no meio ambiente. Tenho certeza de que vou continuar dando o melhor de mim”.

A promotora Fábia Cristina Dantas Pereira também expressou seu sentimento pela posse. “Sinto muita alegria e gratidão por estar aqui. Tanta luta que nós temos para chegar até aqui. Deus sabe todos os caminhos. Quero agradecer a todos que fazem a administração do Ministério Público. Ser promotora de Justiça é ser uma pessoa que consegue transformar vidas e é isso que me faz ter mais coragem e força. O MP é minha família, minha missão de vida e estar aqui hoje é só gratidão. Estou fazendo a coisa que mais me revigora que é ser promotora de Justiça”, disse a promotora, que agradeceu ainda aos filhos e à mãe.

O promotor João Benjamim Delgado afirmou, citando a passagem bíblica, que tudo tem seu tempo e agradeceu a Deus, ao procurador-geral e ao Conselho Superior por tê-lo escolhido na votação. “Minha primeira gratidão é a Deus pelo privilégio e honra de estar aqui após 17 anos de ingresso na carreira, 14 anos na segunda entrância e agora chego ao ápice na carreira de promotor de Justiça, na 3ª entrância. agradeço a Deus efusivamente pela oportunidade, ao Ministério Público a todos que se fazem aqui presentes”, disse, que finalizou agradecendo ao marido, André Machado, pela paciência, carinho e compreensão.

A promotora Cláudia Cavalcanti Bezerra fez uma referência especial, no início de seu discurso, ao corregedor-geral, que foi o presidente da comissão do concurso no qual ela ingressou no MPPB. “Agradeço a Deus, a cada colega, a cada servidor. A 3ª entrância é o ápice de nossa carreira. Estou muito feliz, acho que ainda não caiu a ficha. É bom para mim, para família, para a instituição porque a gente se renova. Só tenho que agradecer a Deus e a Nossa Senhora de Fátima e rogar para que ele me conduza diariamente na minha missão de promotora de Justiça, de desempenhar meu papel com amor e responsabilidade”.

O promotor Eduardo Torres agradeceu ao procurador-geral e aos integrantes da administração e fez um histórico de sua trajetória no MPPB, citando todos os promotores e servidores com os quais trabalhou nas promotorias por onde passou. “Hoje é um momento muito especial para nós. Momento de emoção, de gratidão que nos impulsiona na perspectiva de futuro, o que vai encontrar, voltar às raízes, se reciclar e buscar novos caminhos. Hoje, na promoção para a 3ª entrância, uma nova etapa na minha vida acontece, um novo capítulo do meu livro profissional se abre. As páginas ainda estão em branco mas tenham certeza de irei escrevê-los com a maior dedicação”, declarou o promotor, que finalizou agradecendo à família e desejando sucesso a todos.

Reconhecimento

O corregedor-geral, José Roseno Neto, falou sobre a alegria de participar da posse dos promovidos e destacou as ações realizadas pelo procurador-geral para garantir movimentação na carreira. “Graças a Deus estou aqui para testemunhar a posse. Parabenizo a todos vocês. Fiquei muito satisfeito porque a turma que entra é uma turma que realiza trabalho, que cria projetos. Parabéns a todos”.

A 1ª subprocuradora-geral, Vasti Cléa Lopes, também externou sua satisfação com o momento. “É uma alegria estar presenciando esse momento tão importante na vida de vocês. Sei que esse sonho foi muito sonhado e que vocês trabalharam muito para ele. Vocês dão o melhor de si mesmos à instituição e à sociedade. Cada um tem uma paixão que ultrapassa o interior e transparece na feição de vocês e no gesto diário. Esse sonho hoje se realiza. É uma alegria imensa ver colegas tão valorosos conseguirem chegar ao ápice da carreira”, declarou a procuradora, reconhecendo ainda a participação essencial do procurador-geral em todos esse processo.

O presidente da APMP, Leonardo Quintans, ressaltou o amor, dedicação e missão de cada membro empossado. “Ser promotor não é ser mero técnico. Trabalhamos com a técnica mas vivemos as emoções da sociedade, mergulhamos no problema social e tratamos com o coração também, com muito amor e sensibilidade para solucionar os problemas. Ver a ascensão de vocês me deixa extremamente feliz. Ver que o Ministério Público se renova, segue trabalhando com amor e denodo pela sociedade. A força, o amor e a dedicação que vocês externaram mostram que MP está no caminho correto. Parabenizo e registro minha felicidade de ver cada um galgando e atingindo esse local merecido e renovando o compromisso com a sociedade paraibana”.