Destaques

Bruno lamenta queda de receitas, mas aponta superação com avanços em obras e na melhoria da saúde pública

Apesar de reconhecer a queda, em torno de 10%, de receitas em relação ao ICMS e ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM), o prefeito Bruno Cunha Lima, afirmou, na tarde desta quinta-feira (17), durante entrevistas ao Sistema Arapuan (rádio e televisão), que a cidade avança e supera dificuldades para a concretização de obras e a expansão do seu setor de saúde.

Bruno destaca o esforço administrativo da gestão em cumprir suas obrigações, o que vem sendo possível mediante ações como o chamado “pré-empenho” (atrelando os setores financeiro e orçamentário da Prefeitura, para que seja autorizado e contraído qualquer tipo de despesa), além da renegociação de dívidas e de contratos de aluguel, economia interna e muitas outras ações de ajuste fiscal.

Em contrapartida, Bruno informou que o Munícipio dispõe de recursos da ordem de R$ 1 bilhão, para investimentos em obras. A verba está garantida por conta da conquista de financiamento internacional, emendas parlamentares, recursos próprios e outros meios que possibilitam a execução de obras como as avenidas Félix de Souza Araújo e Plínio Lemos; ampliação do Parque do Povo; requalificação do Parque do Açude Novo e da Feira Central; continuação do Canal de Bodocongó; entre outras importantes ações demandadas há décadas pela população.

Questionado sobre outras ações administrativas, o prefeito elencou conquistas e avanços nos diversos setores, como turismo, educação e mobilidade urbana. Quanto ao setor de saúde, relatou o sucesso de iniciativas como os mutirões, que garantem o acesso da população a várias especialidades médicas.

O prefeito destacou que, a partir de agora, a Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, vai promover uma nova etapa do mutirão Saúde de Verdade. A partir deste mês de agosto, serão realizados mutirões descentralizados nos bairros e distritos. O primeiro mutirão já tem data prevista: será nos dias 21 e 22 de agosto, no distrito de Catolé de Boa Vista.

O objetivo é ampliar o acesso aos serviços, ofertando os procedimentos diretamente na comunidade onde a população está situada. Serão ofertados exames de imagem e de laboratório, consultas com médicos especialistas e marcação de consultas e exames.

Saúde

A meta, conforme Bruno, é dar uma resposta às demandas reprimidas das comunidades, de forma mais próxima e adaptando a oferta de serviços às particularidades de cada região. As Equipes de Estratégia de Saúde da Família estão identificando as necessidades da população para levar até os bairros e distritos aqueles procedimentos mais urgentes para cada comunidade.

A iniciativa é inspirada nos mutirões realizados nos distritos de São José da Mata e Galante, que também foram promovidos junto ao Grande Mutirão do Saúde de Verdade. A Prefeitura de Campina Grande já realizou dois grandes mutirões na cidade, em 2022 e em 2023, com mais de 65 mil pessoas atendidas e mais de 270 mil procedimentos realizados.

Codecom